A importância de criar uma comunidade em torno da marca

A evolução das redes sociais fez com que os consumidores de hoje adquirissem o hábito de se reunirem em comunidades.

4 minutos de leitura.

A evolução das redes sociais fez com que os consumidores de hoje adquirissem o hábito de se reunirem em comunidades. O novo consumidor não tem pudor algum de utilizar as marcas que mais admira como forma de reforçar sua identidade. Diante desse cenário, as empresas correram desesperadamente para as redes sociais, com o objetivo de ficarem mais próximas dos consumidores.

A necessidade das empresas estarem presentes nos diversos ambientes digitais acarretou uma verdadeira corrida em busca de audiência na web. Essa busca é, até certo ponto, necessária, porém acaba levando as empresas a esquecer um ponto fundamental: o engajamento. De que adianta ter milhares de seguidores nas redes sociais, se o público não interage com a marca?

Muito mais relevante que o volume de pessoas que seguem sua marca é o diálogo entre o público e a empresa. Para, de fato, estabelecer um canal de relacionamento com o público no ambiente virtual, é necessária a criação de uma comunidade ao redor da marca, onde os stakeholders trocam informações e experiências entre si e com a empresa. As pessoas já estão falando sobre a sua empresa nas redes sociais. Não tem como fugir disso. Dessa forma, o que as empresas precisam fazer é detectar onde essas conversas acontecem e traçar uma estratégia para fazer parte do diálogo.

Além de selecionar o ambiente corretamente, as marcas precisam identificar o que o público está dizendo sobre a empresa. Dessa forma, a companhia saberá em quais pontos o consumidor ainda precisa ser educado, quais características da empresa são melhores percebidas pelo público, bem como quais trazem insatisfação. Com essas informações, a empresa pode traçar uma estratégia de marketing de conteúdo, voltada a explorar cada um desses pontos de forma que o público entre na conversa e compartilhe as informações que a empresa deseja transmitir.

Muitas companhias confundem o marketing de conteúdo com compartilhamento de publicidade. Quando falamos de criação de comunidades ao redor da marca, estamos falando da troca de informações e conhecimentos de interesse do público. É preciso investir em conteúdo que traga algo de relevante para a vida dos consumidores. Somente dessa forma eles estarão propensos a compartilhar suas informações e enxergar sua empresa como autoridade no seu segmento de atuação.

 

    Assine nossa newsletter

    Receba semanalmente nossos artigos direto na sua caixa de e-mail

    Não foi possível concluir a sua solicitação, tente novamente em alguns instantes.

    Peça agora uma demonstração!

    e veja como a Lumis pode ajudar a sua empresa

    Quero falar com um consultor